Display

quinta-feira, 22 de maio de 2014

A VIDA É BELA - filme


Sinopse e detalhes


Durante a Segunda Guerra Mundial na Itália, o judeu Guido (Roberto Benigni) e seu filho Giosué são levados para um campo de concentração nazista. Afastado da mulher, ele tem que usar sua imaginação para fazer o menino acreditar que estão participando de uma grande brincadeira, com o intuito de protegê-lo do terror e da violência que os cercam.

Trabalho sobre o filme

1- Resumo do filme destacando a) O que o autor quis mostrar com esse filme. b) qual o cenário politico que o filme passa? c) Como se dá a relação pai e filho? Fale um pouco do nazismo, campo de concentração e judaismo? d) qual a cena que voce mais gostou no filme? e) Tire uma conclusão pessoal.

61 comentários:

Anônimo disse...

O autor quis dizer que a vida por mais que ela tenha problema você enxergando ela. de outro jeito ela pode mudar para melho.O cenário político é a guerra e os campos de concentração e algumas partes an Itália. A relação de guido e giosué é muito boa, pois guido faz de tudo para seu filho se sentir bem na guerra. Eu acho que o nazismo é algo totalmente horrível no mundo, pois as pessoas não tem o direito de despresar as outras. A minha conclusão sobre o filme é que o filme é muito interessante, pois mostra que o pai faz de tudo para seu filho se sentir bem.

Anônimo disse...

O autor quis dizer que a vida por mais que ela tenha problema você enxergando ela. de outro jeito ela pode mudar para melho.O cenário político é a guerra e os campos de concentração e algumas partes an Itália. A relação de guido e giosué é muito boa, pois guido faz de tudo para seu filho se sentir bem na guerra. Eu acho que o nazismo é algo totalmente horrível no mundo, pois as pessoas não tem o direito de despresar as outras. A minha conclusão sobre o filme é que o filme é muito interessante, pois mostra que o pai faz de tudo para seu filho se sentir bem. Vitor Calvi de Paula Symphoroso

Anônimo disse...

o filme e bem legal e triste, pois conta uma historia veridica entre uma familia de tres pessoas.O pai era bem alegre desde o começo do filme, o filme se passa mais nos campos de concetraçao dos judeos pela segunda guerra mundial.
O autor quis mostra que mesmo com a perda de uma pessoa da famila voce ainda pode ser feliz.
Os dois eram bem ligados,o filho demonstra ter muito afeto pelo pai e o pai tambem, quando os dois vao para o campo de concentraçao, o pai mente para o filho so para proteger ele e deixalo feliz,pois o filho era tudo para ele.
Os alemoes nazistas achavam que eles estavam no topo do mundo e que eram melhores que todos, e como na alemanha havia muitos judeos,os nazistas acabaram pegando eles e mataram muitos deles tambem e muitos judeos ainda estao vivos.
A cena que eu mais gostei era a parte que o garotinho ve um tanque de verdade e fica bem animado

Anônimo disse...

o filme e bem legal e triste, pois conta uma historia veridica entre uma familia de tres pessoas.O pai era bem alegre desde o começo do filme, o filme se passa mais nos campos de concetraçao dos judeos pela segunda guerra mundial.
O autor quis mostra que mesmo com a perda de uma pessoa da famila voce ainda pode ser feliz.
Os dois eram bem ligados,o filho demonstra ter muito afeto pelo pai e o pai tambem, quando os dois vao para o campo de concentraçao, o pai mente para o filho so para proteger ele e deixalo feliz,pois o filho era tudo para ele.
Os alemoes nazistas achavam que eles estavam no topo do mundo e que eram melhores que todos, e como na alemanha havia muitos judeos,os nazistas acabaram pegando eles e mataram muitos deles tambem e muitos judeos ainda estao vivos.
A cena que eu mais gostei era a parte que o garotinho ve um tanque de verdade e fica bem animado. FELIPE MAHTUK

Anônimo disse...

A) O filme ‘’ a vida é bela’’ mostra o sofrimento que os judeus passaram nas mãos dos alemães no período da segunda guerra mundial. O autor quis mostrar que a crueldade humana nunca se supera
B) O cenário político em que o filme se passa é a Ditadura
C) A relação de carinho, pois o pai fez de tudo e em todo o momento para que seu filho não sentisse medo da guerra e violência, campos de concentração era onde os judeus eram aprisionados ,nazismo eram os alemães que faziam as maldades que eram feitas com os judeus, judeus são aqueles que não acreditam em jesus
D) A cena que eu mais gostei, foi a ultima do filme, que o filho se reencontra com a mãe
E) Cada direito de um tem o crer no que tem direito.

Anônimo disse...

A) O filme ‘’ a vida é bela’’ mostra o sofrimento que os judeus passaram nas mãos dos alemães no período da segunda guerra mundial. O autor quis mostrar que a crueldade humana nunca se supera
B) O cenário político em que o filme se passa é a Ditadura
C) A relação de carinho, pois o pai fez de tudo e em todo o momento para que seu filho não sentisse medo da guerra e violência, campos de concentração era onde os judeus eram aprisionados ,nazismo eram os alemães que faziam as maldades que eram feitas com os judeus, judeus são aqueles que não acreditam em jesus
D) A cena que eu mais gostei, foi a ultima do filme, que o filho se reencontra com a mãe
E) Cada direito de um tem o crer no que tem direito.

Anônimo disse...

A) O filme ‘’ a vida é bela’’ mostra o sofrimento que os judeus passaram nas mãos dos alemães no período da segunda guerra mundial. O autor quis mostrar que a crueldade humana nunca se supera
B) O cenário político em que o filme se passa é a Ditadura
C) A relação de carinho, pois o pai fez de tudo e em todo o momento para que seu filho não sentisse medo da guerra e violência, campos de concentração era onde os judeus eram aprisionados ,nazismo eram os alemães que faziam as maldades que eram feitas com os judeus, judeus são aqueles que não acreditam em jesus
D) A cena que eu mais gostei, foi a ultima do filme, que o filho se reencontra com a mãe
E) Cada direito de um tem o crer no que tem direito.
Rodrigo Leme

Anônimo disse...

O título a "A vida é bela" demonstra que a vida é muito boa para desperdiçá-la com lamentações. Guido, o personagem principal, apesar de enfrentar diversos problemas e preconceito por sua religião, acaba levando sua vida da forma mais positiva possível. Isso é demonstrado no filme quando ele passa pelos vandalismos em sua casa e em seu cavalo devido a sua religião e da mesma forma não se importa e também quando ele vai para o campo de concentração e vê toda aquela tragédia como um jogo. O cenário do filme é a Itália, que passa por um movimento chamado fascismo, bem semelhante ao nazismo. Desde o início da guerra demonstra-se o fato de os judeus serem separados dos demais na população italiana, com a livraria de Guido, onde está escrito "Loja judia" e depois a captura dos mesmos. O pai e o filho se dão muito bem em toda essa situação. O pai faz de tudo para que o menino não sofra nem um pouco com esse exterminação dos judeus. Guido inventa um tipo de jogo para que o garoto não se desespere. Mesmo o pai tentando enganar o filho, ele sabe que algo está muito errado no local onde eles estão. Os dois são muito amigos.
Em 1939, deu-se início a Segunda Guerra Mundial. No começo não houveram tantos combates, porém os judeus, considerados "impuros" acabaram sendo afastados do restante da população. Em 1943 judeus começaram a ser levados aos montes para campos de concentração, onde eram obrigados a trabalhar e os velhos e crianças eram mortos nas câmaras de gás.
A minha cena preferida do filme é quando Guido e Josué vão até o alto falante dos soldados alemães e dizem "Bom dia, princesa", porque acho que mesmo eles estando sofrendo, ainda tentam se animar e reafirmar que A Vida é Bela.
Eu acho que nós demos trazer esse lema " A vida é Bela" para nossas vidas. Temos de valorizar o que temos em cada momento da nossa vida e curtir cada dia como se fosse o ultimo. Nunca saberemos quando nossa vida terá fim, mas devemos lutar para que sejamos lembrados por sempre sermos felizes com o que temos.
Heloisa n:5 8 ano

Anônimo disse...

A) O filme a “a vida e bela” mostra o que os judeus passaram com os alemães nazistas, os judeus eram mortos em camarás de gás
B) Em um campo de concentração
C) O pai inventou uma brincadeira para q o filho dele senti se medo,o judaísmo e uma religião,o nazismo eram os alemães que acreditavam que eram melhor q tudo e de todos
D) A cena que a princesa cai no colo do Guido
E) O filme e muito bom porque mostra a violência que os judeus sofriam pelo simples fato de ser de outra religião os nazista se achavam melhor do que todo mundo mas na realidade todo somo iguais ninguém e melhor que ninguém porque todos saímos de mesmo lugar e vamos para o mesmo lugar quem se acha melhor que o outro não tem humildade na verdade é o que falta no mundo um pouco de humildade,amor,consideração e carinho

Anônimo disse...

O filme quis mostrar que mesmo seu filho Giosué estando em c=um campo de concentração ele quis fala que estavam em um jogo de pontos quer o vencedor iria ganhar um tanque de verdade,disse isso para o garoto não ficar com medo de morrer
O filme passa em um campo de concentração onde os alemães prender os judeus para torturalos e matanos.
O pai e o filho eram melhores amigos o pai éra um protetor para o filho,ele escondeu seu filho para que os alemães não o maxucassem.O campo de concentração é sobre alemães prendem os judeos durante a guerra para torturalos e matarem.
eu mais gostei da parte em que Giosué esta sentado no chão e ele ve um homem dentro de um tanque e convida-o para dar uma volta de tanque.
Eu achei legal Guido mentir para seu filho Giosué sobre um jogo de pontos em que o vencedor ganharia um tanque de verdade para seu filho não soubesse a verdade para não ficar com medo de morrer. Luigi n 11 8 ano

Anônimo disse...

Fábio Haddad de Almeida 8°ano n°2

o filme trata-se de um rapaz q se chama guido encontra uma moça e eles se apaixonam e eles tem um filho q se chama josué e o guido e o josué eram judeus e os nazistas levaram ele p/ um campo de concentração e o guido faz de tudo p/ q seu filho n se desespere,ele fala q é um jogo e q o premio é um tanque de verdade e seu pai morre ao ser pego na parte das mulheres atras da mãe dele e josué fica escondido em uma caixa ate a guerra acabar e no final ele anda de tanque encontra com a mãe dele.

EU ACHO Q O FILME É MUITO BOM .E EU ACHO HORROROSO O MODO COMO OS NAZISTAS TRTAM OS JUDEUS.

Anônimo disse...

A) O filme a “a vida e bela” mostra o que os judeus passaram com os alemães nazistas, os judeus eram mortos em camarás de gás
B) Em um campo de concentração
C) O pai inventou uma brincadeira para q o filho dele senti se medo,o judaísmo e uma religião,o nazismo eram os alemães que acreditavam que eram melhor q tudo e de todos
D) A cena que a princesa cai no colo do Guido
E) O filme e muito bom porque mostra a violência que os judeus sofriam pelo simples fato de ser de outra religião os nazista se achavam melhor do que todo mundo mas na realidade todo somo iguais ninguém e melhor que ninguém porque todos saímos de mesmo lugar e vamos para o mesmo lugar quem se acha melhor que o outro não tem humildade na verdade é o que falta no mundo um pouco de humildade,amor,consideração e carinho
luis felipe ferraro delegais

Thiago Figueiroa oitavo ano disse...

1)o filme fala sobre um homem que leva a vida na brincadeira e acha a mulher de seus sonhos eles se casam ,mas esse cara é judeu ,na época do nazismo ele foi capturado junto com o filho,e não contou para seu filho que estavam la porque eles são judeus e uma hora iriam ser mortos ,mas uma hora o nazismo é acabado mas ele morre com um tiro e sue filho vai embora com a mãe no campo de concentração.
1a)ele quis mostrar que a vida é uma coisa que temos que nos divertir,aproveitar o nós temos: família , saúde , etc.
1b)em um capo de concentração na Itália,e em uma cidade na Itália antes dele ser capturado pelos nazistas.
1c)boa ,a relação é que o pai não quer que seu filho saiba que eles iriam morrer ,então inventou um jogo para seu filho não saber que eles estavam em um campo de concentração.o nazismo era uma religião muito ruim eles se achavam superiores por ser alemão.
1d)a que eles vencem e sai do campo de concentração.
minha conclusão é que o filme é bonito mas é triste,eu recomendo.

Anônimo disse...

Isabella Bandeira Pinheiro nº06 Oitavo ano
O filme a vida é bela, dirigido por Roberto Benigni quer mostrar ao publico que devemos ver o outro lado da vida para sermos mais feliz, mesmo que isto custe a sua vida (no filme o protagonista do mesmo faz a todo momento o seu filho feliz, como se a vida fosse uma brincadeira, e a todo momento ele faz da vida uma ''brincadeira''.)
O filme se passa na Itália, durante a segunda guerra mundial, onde Guido é um judeu mandado com seu filho para um campo de concentração.Guido e o filho se dão muito bem, apesar dos dois terem sido mandado para o campo de concentração Guido faz o filho acreditar que estão em um jogo onde o ganhador ganhará um tanque. Na segunda guerra mundial foram mortos aproximadamente seis milhões de judeus.
A cena que mais gostei do filme foi o final, onde apesar do pai morrer, a esposa e o filho conseguem escapar.
É um filme muito bom com uma mensagem muito bonita! Recomendo!

Anônimo disse...

MARIANA COLLET DA GRAÇA 8 ANO N 15
A VIDA É BELA
O filme (a vida é bela) quis mostrar que mesmo o Guido (judeu), estando em um campo de concentração com seu filho pequeno com menos de dez anos ela faz a vida ser uma diversão , ou jogo que as regras eram: não deixar os malvados (soldados nazistas)o verem e não falar com ninguém . o cenário político se passava na segunda guerra mundial entre a Alemanha Pelo ditador Adolf Hitler.a relação do pai com o filho é boa . Judaismo significa acreditar em um só deus , campode concentração significa

Anônimo disse...

Um homem chamado Guido é feliz junto de sua esposa, Dora, e com seu filho, Giosué, e cada um deles é judeu. Um dia, quando a avó de Giosué foi à Itália para visita-lo, ele e o pai foram capturados por facistas, que achavam que os judeus eram impuros, e foram levados à um campo de concentração. Mas como o pai não queria que o filho não se assustado


Lenardo Sá

Anônimo disse...

A VIDA É BELA é um filme bonito um filme que se passa na ITÁLIA metade dele em um campo concentração e a outra parte em uma cidade comum em que o diretor demonstra que por mais que sua vida seja ruim você pode melhora-la com suas escolhas, responsabilidade, respeito, educação etc... Guido (protagonista) teve um filho Giosoé com sua esposa Dora, mas quando os nazistas passam recolhendo Guido e Giosoé (porque são Judeus) e Dora quer ir junto para não deixar sua família. Em um campo de concentração é testada a resistência da família pois os nazistas querem matar as crianças mas Guido faz de tudo para salvar seu filho. Nzistas na segunda guerra mataram mais de 6.000.000 de pessoas judeus.



Minha cena favorita foi quando Guido se sacrificou para salvar a família.



João victor de oliveira Pinheiro
8º ano
nº 7

Maria Eduaqrda R. Ferreira 8° disse...

O autor do filme a Vida é Bela quis mostrar que mesmo com a crueldade no campo de concentração o amor do pai é maior e ele quer proteger o filho de qualquer jeito mesmo com toda a dificuldade.
O cenário político é o que estava acontecendo na Itália que era o fascismo, fascismo é uma forma de radicalismo político autoritário nacionalista , que ganhou destaque no início do século XX na Europa. Os fascistas procuravam unificar sua nação através de um Estado totalitário.
A relação entre pai e filho é de companheirismo antes e durante de irem para o campo de concentração.
Nazismo, conhecido oficialmente na Alemanha, é a ideologia praticada pelo Partido Nazista da Alemanha, formulada por Adolf Hitler e adotada pelo governo da Alemanha de 1933 a 1945. Esse período ficou conhecido como Alemanha Nazista ou Terceiro Reich.
Os campos de concentração são utilizados para a detenção de civis ou militares, geralmente em tempos de guerra. Não integram os sistemas penitenciários, onde são detidas pessoas condenadas por infringir a legislação de um país. São quase sempre instalações provisórias, com capacidade para abrigar grande quantidade de pessoas, normalmente prisioneiros de guerra, que, no melhor dos casos, podem vir a servir como moeda de troca com o inimigo, ou permanecer presas até a resolução do conflito. No terreno são dispostos, organizadamente, barracões.
Os judeus são um grupo etno-religioso12 e incluem aqueles que nasceram judeus e foram convertidos ao judaismo.

Anônimo disse...

O filme mostra a inocencia de uma pessoa e como ela consegue ver a vida de forma boa , mesmo em meio a tanto horror e as coisas que as pessoas fazem quando se amam alguem. O filme se passa na segunda guera mundial. A relação entre o pai e o filho é de puro amor , pois os dois mesmo em um pessimo estado eles conseguem ver as coisas de forma positiva , mesmo que um deles saiba o que se passa.O nazismo foi a junção de pessoas que lutavam pra acabar com pessoas que discordavam de seu ponto de vista , e levavam essas pessoas para oo campo de concentração , onde matavam essas pessoas.E os nazistas não gostavam do povo judeu pois eram uns dos povos que discordavam deles.A cena em que mostram o campo de concentração.Acho que o filme retrata diversas coisas , amor , tragédia e mostra para as pessoas como o mundo realmente é e não como certas pessoas acham que são. Leonardo Veiga

Anônimo disse...

Eu gostei do filme por que o autor quis nos mostrar o que a guerra faz com as pessoas com as famílias e principalmente com pessoas que de um dia para o outro estavam felizes e em outro dia estavam em um campo de concentração não qual mal sabem o que as espera; Crianças, idosos, homens, mulheres foram mortos (mais ou menos 6 milhões de pessoas foram mortas)tudo por conta de uma guerra que o objetivo era britney

Anônimo disse...

thiago castro de souza piassa
1)O autor quis dizer que quanto piores as coisas forem sempre é possível ver o lado bom das coisas dizendo pro filho que estão num jogo valendo um tanque.B)Eles se encontram na Itália na segunda guerra mundial eles sendo judeus e no campo de concentração.C) O pai e filho são levados para o campo de concentração e o pai fala pro filho que estão num jogo valendo um tanque.D) Na Itália Mussolini era aliado de Hitler assim tos o judeus italianos foram para o campo de concentração e lá eles eram escravizados e mortos . a cena que o filho se encontra com a mãe .O filme é muito bom e emocionante .

Anônimo disse...

Eu achei vida é bela um filme muito bom,que mostra realidade é verídico e o ator principal interpretou muito bem.
os alemães prendiam judeus no campo de concentração e comandavam judeus.
no caso um homem se apaixona por uma nobre moça,eles se gostam,casam e logo ganham um filho,muito especial para eles e apos tempo a família é levada para um campo de concentração e com eles outros judeus,la eles foram divididos,e o pai do garotinho,para não assustalo inventava que estavam em um jogo e tinham que ganhar pontos para conseguir um tanque esair do campo de concentração,nisto ficaram se escondendo,recebendo ordens dos alemães.o pai morre e o final é feliz e bonito pois a mãe se encontra com o filho.

Anônimo disse...

O autor do filme a vida é bela quis mostrar que mesmo com dificuldades é possível ser feliz.O filme se passa na segunda guerra mundial.A relação entre o pai e o filho é boa,pois mesmo eles estando em um campo de concentração o pai faz de tudo para que não aconteça nada com seu filho,ele demonstra amor ao seu filho.O nazismo era grupos que se juntavam para acabar com grupos que discordavam com eles,um dos povos que discordavam deles eram os judeus.Campo de concentração era o local onde levavam os judeus.A cena em que eu mais gostei foi quando guido se declara para a sua mulher no campo de concentração.Gostei muito do filme pois mostra um jeito de viver que é com amor,felicidade sem pensar em coisas ruins,o filme mostra muito isso,como realmente é viver e não como certas pessoas acham que são.Lais Mendes

Anônimo disse...

Neste filme o autor quer mostrar quer mostrar que o pai se sacrifica para deixar o menino pensando que é apenas um jogo,o cenário em que esse filme se passa é numa estação de quarentena onde os judeus ficavam no meio da segunda guerra.
O nazismo foi um movimento que falava de uma raça superior a todas,a raça auriana.
A parte de que eu mais gostei foi a do final.Quando Guiosué anda de tanque.pois é uma das partes mais felizes do filme,este filme foi muito legal e triste também.porque o Pai de Guiosué,Guido,é morto.

Anônimo disse...

o altor quis mostrar que na vida tudo é possivel pois nunca é questão de desistir pois uma hora tudo vai dar certo ! o filme se passa mais nos campos de concetraçâo dos judeos pela segunda guerra mundial ! a relação de pai e filho é sempre muito boa pois o pai ñ quis mostrar para o filho que estava em uma guerra , ele inventa para o filho que esta em um jogo que precisa ganhar mil pontos e o premio é um tanque pois no final do filme o pai morre só para proteger o filho ! a cena que mais gostei foi quando os americanos ganham a guerra e resgatam o filho e levam ele para passear de tanque e nesse passeio ele encontra sua mâe ! minha conclusão foi que o pai sempre quis proteger o filho pois inventa toda uma historia para que o filho ñ tenha medo ... e que no final ele sempre vai da tudo certo .

Giovana Yumi setemo ano

Anônimo disse...

o autor quis mostrar que a vida sempre tem um lado bom, e nem sempre precisa levar tudo a serio. o filme passa na Itália na segunda guerra mundial nos campos de concentração.a relacao de pai e filho é otima pois o pai tenta proteger o filho. eu acho que é horrivel, pois eles sao muitos violentos e acham que sao melhores que outros. a cena que eu gostei foi o final que todos estao livres e o menino reencontra a mae. minha conclusão é que voce tem que nao levar tudo a serio e na violencia e coisa do tipo... e ver que a vida tem um lado bom.
.
.
Marcela Kisberi 7ano numero:22

Fe Kranz disse...

1- Resumo do filme destacando a) O que o autor quis mostrar com esse filme. b) qual o cenário político que o filme passa? c) Como se dá a relação pai e filho? Fale um pouco do nazismo, campo de concentração e judaísmo? d) qual a cena que você mais gostou no filme? e) Tire uma conclusão pessoal.

O autor quis mostrar o nazismo que existia com os Italianos nas décadas passadas, com os Judeus, Negros, etc. O cenário do filme se passa por um local no passado, na Itália. A relação do pai com o filho é muito grande, pois os dois se amavam muito. Como o motivo do pai tentar fazer que o filho acredite que o cenário de escravismo seja na verdade um jogo. A cena que eu mais gostei no filme era quando o Guiddo chamava a mulher que ele amava de princesa e aparecia de surpresa. Na minha opinião o filme foi uma obra traumatizante, porém muito bonita e muito triste ao mesmo tempo, portanto acho que o personagem principal, Guiddo, não deveria morrer no final.

Felipe Kranz de Araujo Correa.

Anônimo disse...

Na minha opinião , o que o autor quis mostrar foi:como a guerra era triste e o desespero do pai ao saber que a vida de seu filho estava correndo risco, então o pai acaba dizendo para o filho que , o campo de concentração era somente um jogo e que a cada "desafio" que você passava ganhava mais pontos.O cenário político que o filme se passa é em um momento que se predominava :muita violência,tráfico humano e sequestro onde os principais alvos para serem, ladas ao campo de concentração eram os judeus.A relação que se dava entra pai e filho se consttuia principalmente em proteção do pai em relação ao filho.a cena qu eu mais goste foi : o momento em que o pai diz pro filho que vai ficar tudo bem.O pai fez de tudo para que o filho não se assustasse.

GUstavo Severino Número 14

Anônimo disse...

O altor quis mostrar que na vida tudo pode acontecer o esperado e o inesperavel.esse filme relata a segunda guerra mundial.A relação entre o pai e o filho é muito fofa! o pai faz de tudo para salvar a vida do seu filho e ele infelismente morre mas a mãe consegue sobreviver e ficar livre.No campo de consentração eles são obrigados a trabalhar se não eles são mortos.Eu gostei da cena em que o pai fala que tudo é um jogo e que o premio é um tanque e no final o menino achou que era uma brincadeira e pensou que tinha ganhado. A segunda guerra mundial matou muitos judeus e isso não é legal .



Gabriella Cordaro nº11
Lara Bicudo nº28

Anônimo disse...

minha opinião é que eles não deviam traficar pessoas para um campo de concentração par manter as pessoas trancadas como ratos , o pai Guido tenta fazer de tudo para que o filho não perceba que eles estavam na guerra mais sim fazer o filho pensar que estavam dentro de um jogo.No filme mostra que os alemães estavam prendendo os judeus,o filme fala que o pai é judeu,o filho,o tio. A mãe não é judeu ela quis ir junto com o filho e o pai para não os perder mas o pai tentando proteger o filho acaba morrendo por um guarda alemão. nome:mariano 7º ano

Caio Araujo disse...

Resumo:
Ele quis mostrar que nem tudo que você quer fazer vai acontecer e nem tudo na vida é bela. Um cenário antigo na cidade da Itália. O pai e o filho se dão muito bem até o final do filme que o pai morre. Eles fazem uma perseguição contra os Judeus no campo de concentração é horrível, pois os alemães querem que os judeus fiquem na pior. A cena que eu mais gostei no filme foi a que Guido e Grande Princesa tem o filho. O filme demonstra a injustiça com os judeus pois eles sofrem muito.
Caio Manoel Bezerra de Araujo
7ºano
Nº: 4

Lucas Romanato de Oliveira disse...

O autor quis mostrar nesse filme que se você estiver numa situação perigosa, tente procurar o melhor jeito para sair dela, nunca piore ela.
Esse filme se passa na segunda guerra mundial, quando os nazistas perseguiam os judeus e os matavam.
O autor também mostra que os pais sempre ajudam os seus filhos e nunca deixam eles preocupados ...Ex. Quando o Guiosué pergunta para seu pai, Guido, q jogo era esse e ele disse que era em jogo de pontos, quem ganhasse 1000 pontos saia dali.
Uma sena que eu gostei muito foi no final, quando Guiosué encontra a sua mãe.
Bom o filme é muito triste, mas eu gostei muuito, ele mostra várias mensagens, como por exemplo, como sair da pior situação ...

Anônimo disse...

Na minha opinião o autor quis transmitir que nessa época o judaismo era o aspecto pregado na época por causa do tráfico de judeus
para o campo de concentração.
O cenário pregado no filme é o campo de concentração de judeus.
A relação do pai com seu filho é de como se eles estivessem em um jogo para não dizer ao filho que estava no campo de concentração de judeus e mostrar uma diversão ao garoto.
Eu acho que o tráfico de judeus na época era permanente e fixo.
Foi a cena qual o pai fala para o filho que estava no jogo.

Guilherme Bibries-7° ano

Anônimo disse...

1- Resumo do filme destacando
PERGUNTAS:
a) O que o autor quis mostrar com esse filme.
b) qual o cenário politico que o filme passa?
c) Como se dá a relação pai e filho? Fale um pouco do nazismo, campo de concentração e judaismo?
d) qual a cena que voce mais gostou no filme?
e) Tire uma conclusão pessoal.

Nesse filme o autor quis mostrar q nem tudo é como a gente sempre quis e q oq não queremos fazemos tambem,o cenario começa em uma fazenda q ele encontra a "princesa" e depois ele vai pra a casa do tio e depois de um bom tempo ele fica encontrando a "princesa" toda hora e ela acaba gostando dele e ele dela e eles acabam se casando e tendo um filho e no dia do aniversario dele os soldados levam o filho e o Guido para a guerra,eles eram judeus e o pai faz de tudo para o filho pensar q é um jogo e tem que fazer mil pontos para ganhar o jogo, a cena q eu mais gostei quando ele coloca a musica para a "princesa", eu gostei muito do filme alem de ser um filme muitooo triste mas eu gostei pq fala sobre o judalismo e é uma injustiça para os judeus eles terem q trabalhar na guerra e eu fiquei feliz pq a guerra acabou!!!!
Mayara Esaki Tnoco 7 ano

Anônimo disse...

Esse filme esta falando sobre a segunda guerra mundial e a perseguição para matar os judeus
Ele mostra como as pessoas são preconseituosas com os judeus e que o amor de um pai enganar o filho de uma coisa perigosa em um jogo que quem ganhar o jogo ganha um tanque
o filme se passa na Italia
O pai amava muito o seu filho então falou que se ele reclamasse el perdia ponto e foi assim que o Guiosué
O nazismo foi uma marca muito forte na Alemanha porque eles se achavam uma raça superior a todos
Quando o filho volta para sua mãe
Que o pai fez de tudo para deixar o seu filho ficar vivo e assim se sacrificou pelo filho

Felipe dos Santos numero:7,7 ano

Anônimo disse...

O autor quis mostrar as dificuldades e crueldades que haviam nos campos de concentração e também o que um pai é capaz de fazer para proteger os filhos dessas crueldades que existiram. O filme se passava em um cenário muito trágico pois estava acontecendo a guerra entre nazistas e judeus. Guido era muito próximo do filho Giosué. O pai trata a guerra , na frente do filho, como se fosse um jogo em que o prêmio era um tanque de guerra e leva isso até o fim do filme. O nazismo é desumano e muito cruel pois ninguém tem o direito de julgar as pessoas pela religião ou por qualquer diferença . A nossa cena preferida foi quando Guido e Dora ( sua mulher) se conhecem.
Eduarda Burlamaqui e Manuela Rosa

maria clara machado disse...

Nesta obra o autor quis mostrar o absurdo do que as pessoas judias passavam no campo de concentração,sendo exploradas pelos nazistas ,com seus trabalhos escravos.Falando também o amor ,de um pai para seu filho e o tanto que o pai mantia a criança a calmo .
No começo do filme a historia se passa na numa cidade da Itália,no decorrer da historia o cenário político é o Campo de Concentração .
A relação de Guido com Giosué,era muito amorosa e feita de respeito .Com toda a perseguição de nazistas com os judeus,Guido tentava dar o melhor de si para conseguir que seu filho não fosse pego pelos nazistas.
De todas as cenas da obra que nos mais gostamos foi a parte que Guido coloca musica para chamar a atenção de Dora ,sua mulher para que possam matar um pouco a saudade,trocando olhares e relembrando os velhos tempos com sua musica.
Valentina:na minha opinião eu achei interessante e um pouco triste ,porque fala como era o nazismo ,antigamente e achei triste porque o pai Giosué morre sem ao menos conseguir dizer adeus ao seu pai.
Maria Clara:Na minha opinião o filme e muito interessante e fala sobre uma época que marcou historia em todo o mundo.Achei que a proteção de Guido com seu filho era muito fofa e que fez o melhor de si para que ele não ficasse triste e assustado com aquelas barbaridades.
Feito por:Maria Clara e Valentina(7 ano)



Anônimo disse...

O autor quis mostrar o sofrimento dos judeus em relação ao nazismo e do pai (Guido) que mostrou a seu filho como a vida é bela, fantasiando o campo de concentração como se fosse um jogo (com regras, pontos e premiação).
O momento em que o filme se passa é na Segunda Guerra Mundial, onde o nazismo predominava a Europa, em que ocorria massacres.
O pai sempre cuidou de seu filho e nunca o abandonou, mostrando o amor que sentia, inclusive se sacrificou por ele.
O nazismo foi uma grande guerra contra os judeus, que matou milhares de pessoas, e aprisionaram-os em campos de concentração fazendo eles sofrerem, trabalharem duro contra sua própria vontade sem receber nada em troca.
Nossa parte preferida foi quando o garoto reencontra sua mãe depois da guerra ter acabado.
Conclusão: apesar de todo mau, Guido nunca desistiu de sua família.
Carla e Philippe

Anônimo disse...

Nome: Britney

Eu gostei do filme por que o autor quis nos mostrar o que a guerra faz com as pessoas com as famílias e principalmente com pessoas que de um dia para o outro estavam felizes e em outro dia estavam em um campo de concentração não qual mal sabem o que as espera; Crianças, idosos, homens, mulheres foram mortos (mais ou menos 6 milhões de pessoas foram mortas)tudo por conta de uma guerra que o objetivo era conquistar novas terras e arrecadar riquezas.

Anônimo disse...

O autor quis mostrar o que um pai pode fazer por seu filho. Mostrar que mesmo quando passamos por um momento difícil, nada nos impede de sermos felizes e superar as barreiras. Que os sonhos podem se realizar. E que no final tudo dá certo.
O cenário político que o filme passa é em uma pequena cidade da Itália e no campo de concentração.
A relação que se dá entre pai e filho é de um amor incondicional, que faz com que eles façam tudo um pelo outro.
O nazismo é: quando um ser acha que é superior ao outro, somente por sua raça. E acha que com essa diferença pode usar os outros como objetos.
O campo de concentração é um local onde os judeus que eram presos ficavam, e lá eram forçados a trabalhar quase como escravos.
O judaísmo é uma religião na qual os que a seguem são chamados de judeus. É uma religião monoteísta. O judaísmo é umas das mais antigas religiões. Seus rituais são realizados nas Sinagogas.
A cena que eu mais gostei foi quando Giosué reencontra sua mãe, depois de tudo que passou. Mesmo não sabendo que estava no campo de concentração Giosué ficou muito feliz ao reencontrar sua mãe. Isso mostra que mesmo quando tudo parece estar acabado, sempre nasce uma luz das trevas.
(Bárbara e Lara) A minha conclusão pessoal foi de que a vida além de triste, pode ser bela, mesmo se estivermos passando por momentos difíceis.
Conclui também que o amor que um pai tem por um filho é maior que tudo. E que a luta diária, no fim sempre servirá para alguma coisa.

Por: Bárbara Alves Araujo (nº2) e Lara Barros Busnello

Anônimo disse...

O filme em sí é bem interessante, um pouco triste mas ao mesmo tempo bem alegre.
O autor quis trazer para nós o judaísmo e o 'racismo' dos alemães entre os judeus, pois odiavam. Ao grau de levar Guido e seu filho (Giosué)para um campo de concentração e lá eles são maltratados e Guido faz de tudo para que Giosué acredite que eles estavam em um jogo que o vencedor ganhava um lindo Tanque de verdade mas essa não era a realidade e também Guido fala pra nunca ir tomar banho quando chamarem e sempre se esconder quando apareciam os 'malvados', pois o banho era uma câmara de gás que matava as crianças e os idosos.
Logo Guido viu que o tempo de ficar alí já estava se esgotando e resolver fazer de tudo que Giosué não morresse, então saí de seu quarto e coloca seu filho em um esconderijo e a última frase que Guiosué escutou do seu pai foi:
-'não sai daqui até não escutar nenhum barulho, por favor senão perdemos 1000 pontos''.
Infelizmente um guarda pega Guido e mata ele baleado.
Temos a conclusão que um pai faz tudo para um filho sobreviver até ser engraçado nas piores situações de sua vida.
> Acho que foi isso que o autor quis retratar para o filme 'A VIDA É BELA'

Valentin 6 ano

Anônimo disse...

O roteirista e diretor quiseram demonstrar o que um pai pode fazer em desespero pelo seu filho, o filme foi baseado em fatos realistas, eu acredito que as pessoas podem acabar fazendo de tudo para salvaram seu filho mas achei estranho porque no final do filme a mulher nem liga para que o pai havia sido morto. Achei que deveria mostrar ela triste. Mas o pai acaba de fazendo de tudo para o filho sair de la bem. Ele poderia nem ter ligado, mas ele fez de tudo para fazer com que seu filho saísse de la bem. Pois no filme a pai da a vida para deixar seu filho bem, e sempre fala o que seu filho tem que fazer.

Gabriel - 6 Ano.

george filho disse...

o filme a vida e bela retrata uma historia triste quando um homem se apaixona por uma mulher e eles tem um filho chamado Giusoé .Mas a segunda guerra mundial não foi boa com todo o mundo , o pai de Giusoé fez um tipo de jogo para distrair o garoto de todo mau . eu tirei a conclusão que o filme a vida e bela e um dos filmes mais bonitos que já vi na minha vida.

Anônimo disse...

eu acho que o filme a 'vida e bela' e muito intereçante pois ele conta a realidade de antigamente com os judeuses antigamente os alemaos eram bem, mais ricos que os judeuses e les se achavam os poderosos e queria manda em todo o mundo e o filme a vida e bela conta um pouco dessa historia o filme conta sobre uma familia que era judeuses e como nao tinhao medo de acreditar na sua religiao eles foram para um campo de consentraçao mas com o filho do casal era muito paqueno eles falaram para ele que era um jogo e que ganhava um tanque de guerra para isso ele tinha que ficar no quarto para eles nao o matarem entao ele ficava e o pai falando que estava na frente de todos mas era mentira ai serto dia eles falaram que ele ia tomar banho mas como o menino nao gostava de tomar banho fou atras do pai ne viu o pai trabalhando e ja ficou desconfiado mas depois o pai falou para ele voltar para o quarto que eles tavam montando 0o tanque que o menino tanto queria, serto dia um cara que era parente do casal estava la e era presidente e nao era judeu ajudou o cara e falou que ele ia ser garçon para afamilia de todo os presidentes e principes e o cara ficou muito feliz e colocou o filho dele para comer junto com eles ja que o menino estva com muita fome, o cara nao sabia como recuperar a familia pois a guerra tinha acbado entao escondeu o0 menino e foi atrs da mulher mas como o alemaos eram maus eles mataram o menino e le ficou sozinho pois levaram todos os judeuses parta outro lugar mas o menino como estava sozinho ficou esperando alguem ir buscalo entao um tarque grande de guerra chegou e como o cara do tanque tambem era judeu ajudou o menino e ele no meio do caminho encontrou sua mae e começou a gritar no vencemos nos vencemos ,
eu gostei muito do filme pois ele fala a verdade do que os judeus eram e oque eles sofriam,
os judeuses sofria isso no egito foram escravos por causa da peregrinação dos patriarcas, mas nos outros países foi justamente porque abandonaram a Deus e seviram a deuses estranhos ou seja idolatria campo de concentração começou a funcionar em 12 de Julho de 1936, quando a SS transferiu para lá 50 prisioneiros do campo de Esterwegen. Numa primeira fase, o campo de Sachsenhausen foi destinado principalmente a prisioneiros políticos, mas em 1938 foram levados para lá milhares de judeus, a partir de 1940, milhares de polacos e desde 1941 milhares de militares soviéticos, 18 mil dos quais foram fuzilados.
data;5/6/2014
nome; julia tavares da camara
serie; 6 ano A

Anônimo disse...

eu acho que o filme a 'vida e bela' e muito intereçante pois ele conta a realidade de antigamente com os judeuses antigamente os alemaos eram bem, mais ricos que os judeuses e les se achavam os poderosos e queria manda em todo o mundo e o filme a vida e bela conta um pouco dessa historia o filme conta sobre uma familia que era judeuses e como nao tinhao medo de acreditar na sua religiao eles foram para um campo de consentraçao mas com o filho do casal era muito paqueno eles falaram para ele que era um jogo e que ganhava um tanque de guerra para isso ele tinha que ficar no quarto para eles nao o matarem entao ele ficava e o pai falando que estava na frente de todos mas era mentira ai serto dia eles falaram que ele ia tomar banho mas como o menino nao gostava de tomar banho fou atras do pai ne viu o pai trabalhando e ja ficou desconfiado mas depois o pai falou para ele voltar para o quarto que eles tavam montando 0o tanque que o menino tanto queria, serto dia um cara que era parente do casal estava la e era presidente e nao era judeu ajudou o cara e falou que ele ia ser garçon para afamilia de todo os presidentes e principes e o cara ficou muito feliz e colocou o filho dele para comer junto com eles ja que o menino estva com muita fome, o cara nao sabia como recuperar a familia pois a guerra tinha acbado entao escondeu o0 menino e foi atrs da mulher mas como o alemaos eram maus eles mataram o menino e le ficou sozinho pois levaram todos os judeuses parta outro lugar mas o menino como estava sozinho ficou esperando alguem ir buscalo entao um tarque grande de guerra chegou e como o cara do tanque tambem era judeu ajudou o menino e ele no meio do caminho encontrou sua mae e começou a gritar no vencemos nos vencemos ,
eu gostei muito do filme pois ele fala a verdade do que os judeus eram e oque eles sofriam,
os judeuses sofria isso no egito foram escravos por causa da peregrinação dos patriarcas, mas nos outros países foi justamente porque abandonaram a Deus e seviram a deuses estranhos ou seja idolatria campo de concentração começou a funcionar em 12 de Julho de 1936, quando a SS transferiu para lá 50 prisioneiros do campo de Esterwegen. Numa primeira fase, o campo de Sachsenhausen foi destinado principalmente a prisioneiros políticos, mas em 1938 foram levados para lá milhares de judeus, a partir de 1940, milhares de polacos e desde 1941 milhares de militares soviéticos, 18 mil dos quais foram fuzilados.
data;5/6/2014
nome; julia tavares da camara
serie; 6 ano A

Joao Games disse...

O filme A Vida É Bela fala sobre uma família que é levada para um campo de concentração onde os alemães os mantêm presos.
O pai protege o filho de qualquer maneira ele o esconde em uma caixa de metal e tenta ver sua mulher, mas isso acaba em uma morte trágica.
Os alemães pegaram os judeus e fizeram eles trabalharem forçadamente.
Giosué seu filho não sabia que seu pai trabalhava forçadamente e ele fazia de tudo pra que ele não soubesse de nada.
Os nazistas mataram muitos mas no final eles que perderam a guerra.
No começo do filme Guido conheceu a princesa (sua mulher) ele era feliz e quando foi 'sequestrado' ele ficou triste e deprimido.
No final tudo ficou bem mas seu pai morreu e o Giosué ficou muito feliz quando viu o tanque.

Eu acho que o filme quer mostrar que os nazistas queriam o 'fim' dos judeus.

João Gabriel Ferreira 6º ano

Anônimo disse...

O filme A Vida É Bela é bem triste, porém interessante.. Os alemães fizeram uma coisa horrível com Guido e seu filho, mas também mostra o que um pai pode fazer para seu filho em um cenário de guerra.
O filme diz que não importa a situação temos que permanecer confiantes para que no final, tudo dê certo (menos aquela parte do Guido) e que temos que enxergar a vida de um lado positivo. Giosué no final andou de tanque... Saíram de lá.. e Guido apesar de ter morrido deixou seu filho feliz em um cenário horrível como a guerra e o racismo contra os judeus na Alemanha naquele tempo. Os alemães nem qualquer pessoa do Universo tem direito de desprezar alguém pela cor da pele, religião, lugar onde nasceu. O nazismo foi uma coisa horrível mesmo pois não tiveram nem um pouco de respeito com a opinião das outras pessoas.
Minha conclusão é o filme é engraçado em algumas partes, mas retrata o sofrimento de algumas pessoas naquela época e a solução de um pai para deixar seu filho sempre alegre. Hitler não odiava só judeus mas também qualquer pessoa que não fosse um alemão puro.

Hélio

Anônimo disse...

A vida é bela.
Esse filme é interessante.
no começo do filme um homem chamado Guido, ele é muito alegre. Na Segunda Guerra Mundial da Itália, Guido e seu filho chamado Giosué são levados para um Campo de Concentração Nazista. O menino acha que eles estão participando de uma brincadeira.
O pai quer proteger Giosué da violência do lugar.
O filho e o marido são afastados da mulher.
O tio de Guido também foi levado.
Pietra Chagas Tinti - número: 16

Guilherme Conrado disse...

O filme A VIDA É BELA se passa na segunda guerra, onde os alemães escravizam os judeus e levam para o campo de concentração.
Há aqueles que para quem exterminar os judeus sempre fez parte dos planos de Hitler. Outros acreditam que essa política foi endurecendo aos poucos, até chegar ao terrível assassinato em massa. No final do século XIX, já havia, na Europa, uma boa dose de preconceito. Preconceito por motivos econômicos - os judeus eram vistos como manipuladores das finanças no mundo - e religiosos - eram acusados de terem entregue Jesus Cristo aos romanos.Os judeus eram classificados como uma "raça deformada", uma ameaça à "raça ariana" - descendentes dos árias, uma das etnias que formaram as populações europeias.Voltando a questão do filme A VIDA É BELA o sonho do pequenino Josué(FILHO DO PRÍNCIPE)era ir para casa de tanque.

Diogo souza disse...

Eu não gosto muito de filmes de drama mas esse foi legal A VIDA E BELA e um ótimo.
Filme de drama ele se passa na segunda guerra mundial é uma historia de um homem que conhece uma mossa e um dia eles tem um filho chamado Josué.mas eles são judeus e no dia do aniversario de Josué eles vão para um campo de concentração e o pai inventa uma historia para manter o filho sobre controle.E como bastante pessoas sabem os nazistas queriam executar os judeus e o resto e só assistindo para saber.

Anônimo disse...

O filme "A Vida é bela" é bem engraçado e ao mesmo tempo triste.Ele se passa na segunda guerra mundial.
O filme fala sobre um homem chamado Guido que é engraçado desdo começo do filme,ao longo do filme ele se apaixona por uma mulher em que toda vez que ele a vê diz: BOM DIA,PRINCESA!!!
O Guido se paixona e ao longo de meses ele tem um filho com a "princesa" chamado Giosué.Quando Josué já tinha ficado um garoto,alguns nazistas levaram o Guido e o o Giosué para um campo de concentração.
O Guido faz de tudo para que seu filho nao fique com medo,falando que é um jogo que precisa ganhar pontos.Guido morre com tiros e no dia seguinte o Giosué vê sua mãe e eles ficam livres.
Letícia Mendes ,6 ano

Anônimo disse...

Nome:Brian Carvalho

O autor mostrou o que um pai pode fazer por seu filho ficar feliz, pois um filho é uma das melhores coisas no mundo para os pais e para as mães, mostrar que mesmo quando passamos por um momento muito difícil nada impede de sermos felizes e superar as coisas ruins. Que os sonhos podem se realizar, mas o sonho só se realiza quando você batalha por ele e acredita que você vai conseguir realizar esse sonho...O filme se passa na Italia..E quando foi o dia do aniversário da criança os nazistas vieram pegar o guido ( o pai ) e seu filho ( giosué ) para ir para o campo de concentração porque os nazista não gostavam dos judeus

João Pedro A.M. disse...

Eu achei que o filme "A vida é bela", é um filme muito legal, pois conta sobre várias coisas da vida de judeus, e alemães.
Vocês devem saber que na quela época os alemães levavam os judeus para os "Campos de Trabalho".
Bom, o filme conta sobre um homem que se apaixonou por uma mulher, e se casou com ela e os dois tiveram um filho. Mais não conta apenas sobre isso! Conta também que essa família foram levados pelos alemães, para o "Campo de Concentração", por que eles eram judeus. O homem não estava acostumado com aquilo é claro. Pois todo dia ele acordava em um local com mal cheiro, sem sua mulher, pois as mulheres trabalham do outro lado do "Campo de Concentração", e também era obrigado a trabalho pesado.
O pior foi que o filho deles tinha apenas uns seis anos, e o pai dele teve de falar para o próprio filho que estavam la para ganhar um tanque, (por que o menino adorava tanques).
Por que os alemães prendiam os judeus nos "Campos de Trabalho"? Os judeus não eram o alvo preferido dos nazistas.
O que acontecia era que grupos que eram contra ao governo de Hitler planejavam derrubá-lo do poder, e sendo assim, espiões da Gestapo (polícia secreta alemã) se infiltravam nestes grupos para descobrir informações e futuramente, prender os integrantes destes grupos. A maioria destes integrantes eram judeus, e por isso havia muitos judeus em Campos de Concentrações.
Mais no final desse filme algo muito ruim acontece, o pai é pegado por um alemão fora de seu quarto, e o alemão mata o pai!
Pois então o menino sai de onde estava escondido, e acha um alemão com um tanque, o menino acha um máximo, o alemão pergunta se ele quer dar uma volta, o menino diz que sim, no caminho o menino acha a sua mãe e fica muito feliz!
Para mim esse filme é muito interessante, pois explica o que faziam com os judeus nos "Campos de Concentração". Achei muito legal.
João Pedro A.M. Número 10 sexto ano.

Anônimo disse...

O filme é um clássico romance que fala sobre a guerra.
-Ele retrata um fato muito importante!!
Fala sobre campo de concentração[campo de guerra]. Fala também sobre o judaísmo [quem é judeu].
O filme tem um aspecto muito relacionado ao tráfico humano.
Nele está representado a morte,tristeza e romance.



rafael
6ºano
nº17

Andre Laurindo disse...

O filame a vida é bela se passa segunda guerra mundial neste filme onde avia o nazismo (doutrina política, de caráter chauvinista, racista, xenofóbico e anticomunista originária da Alemanha por Adolph Hitler que defendia a eugenia, um Estado totalitário e o expansionismo (imperialismo); época do nazismo) e o campo de concentração ( Campo de concentração é um centro de confinamento militar, instalado em área de terreno livre e cercada por telas de arame farpado ou algum outro tipo de barreira, cujo perímetro é permanentemente vigiado, para suster prisioneiros de guerra e/ou prisioneiros políticos)la os nazistas hospedavam seus prisioneiros judeus (judeu) que pertence a ou é relativo ao povo e à cultura semita, originária da Judeia no Médio Oriente; avarento; natural da Judeia; descendente de um natural da Judeia, que pratica a religião judaica; habitante de Israel, que professa o Judaísmo; pessoa de má índole, geralmente materialista; ...)
A historia deste filme e de Guido um judeu que diz para seu filho Giosué que aquilo (campo de concentração) era um torneio para concorrer a um tanque de guerra pois seu filho tinha um de brinquedo e queria um de verdade sua mãe apesar de não ser judia quis ir junto pois faria tudo para seu filho e marido os nazistas perseguiram os judeus pois :

A assinatura do tratado de paz no final da Primeira Guerra Mundial deixou a Alemanha humilhada e despojada de suas possessões. Perdeu seus territórios ultramarinos e, na Europa, a Alsácia-Lorena e a Prússia Oriental. Os exércitos aliados ocuparam a região do Reno, limitaram rigorosamente o tamanho do Exército e da Marinha alemães, e o seu país foi obrigado a pagar indenizações pela Primeira Guerra Mundial que logo provocaram o colapso de sua moeda e causaram desemprego em massa.

O s títulos dessas indenizações foram comprados pelos bancos privados europeus da época. Como hoje em dia, os bancos pertenciam à famílias e grupos de ascendência judia. Ou seja, os banqueiros da época, como os de hoje, eram todos judeus. Os regimes fascistas existentes à época nestes países foram sendo construídos com base num sentimento nacionalista. Adolf Hitler e o Partido Nazi usaram o sentimento nacionalista, na altura bastante explícito na sociedade alemã ,de maneira eficaz. Na Itália, a ideia da restauração de um Império Romano era atrativo para muitos habitantes desse país. No Japão, o nacionalismo, como sentimento de sentido de dever e honra, dedicado especialmente ao imperador, tinha já séculos de prevalência.
Andre Laurindo sexto ano

Anônimo disse...

No filme a Vida é Bela conta parte da vida de Guido .Essa História se passa na Segunda Gerra Mundial na Itália,onde Guido,seu filho e sua esposa acabam em um Centro de Concentração Nazista. Guido faz seu filho acreditar que tudo aquilo é um jogo de esconde-esconde para salvar a vida do menino.
Guido sempre dá um jeito de um mode de fazer uma coisa boa para seu esposa.
No final do filme guido pede á seu filho que se esconda e vai procurar sua esposa para salva-la da morte nisso acaba morrendo.
Campos de Concentração :
Os campos de concentração eram locais para onde os judeus eram levados durante o período de tirania de Adolph Hitler. Dentre os mais conhecidos está o de Auschwitz. Lá os nazistas exterminavam o que consideravam as raças impuras.
Julia Almada 6° ano

Anônimo disse...

O filme "A Vida é bela" é bem engraçado e ao mesmo tempo triste.Ele se passa na segunda guerra mundial.
O filme fala sobre um homem chamado Guido que é engraçado desdo começo do filme,ao longo do filme ele se apaixona por uma mulher em que toda vez que ele a vê diz: BOM DIA,PRINCESA!!!
O Guido se paixona e ao longo de meses ele tem um filho com a "princesa" chamado Giosué.Quando Josué já tinha ficado um garoto,alguns nazistas levaram o Guido e o o Giosué para um campo de concentração.
O Guido faz de tudo para que seu filho nao fique com medo,falando que é um jogo que precisa ganhar pontos.Guido morre com tiros e no dia seguinte o Giosué vê sua mãe e eles ficam livres.
NOME: Letícia Mendes
6 ano

Anônimo disse...

Nesse filme o autor quis mostrar o sacrifício que os pais fazem a seus filhos, o quanto dão valor a vida deles e o que são capazes de fazer para protege-los, cuidarem deles e não deixar que tomem decisões erradas na vida, o autor quis mostrar o quanto a vida é bela!!
Este filme se passa na Italia, em uma época de guerra onde os judeus são “escravizados” e nunca sabem o que vai acontecer com sigo e com sua família.
Neste filme o pai faz tudo para proteger e salvar seu filho, ele o ama e não quer mal a ele, faz tudo para sua felicidade, arrisca sua vida para a felicidade de seu filho. O nazismo neste filme, é muito presente, soldados mandam pessoas indefesas a guerra, onde são obrigadas a trabalhar, a troco de sua vida ser arrancada pelos soldados. Quase por racismo, escolhem judeus para serem escravizados, para eles o judeu não vale nada, pois não acredita no que eles acreditam.
A cena que mais gostei nesse filme foi o pai protegendo o filho, criando um jogo para que ele nao se preocupe, nao se machuque com a realidade.
Minha conclusão pessoal para esse filme é que ele te ensina a amar o que você tem a proteger quem você ama e lutar pelo que você quer!
Manoela Rocha Neves Nº20 7º ano A

Ana Carolina Fleck 9ano disse...

O filme quis passar a mensagem de que os judeus foram perseguidos durante toda a Guerra Mundial e mesmo assim ouve uma reviravolta onde que se pode acontecer coisas ruins mais no final tudo acaba bem. O cenário político se passa no campo de concentração,guerra e alguns lugares da Itália, A relação entre pai e filho e muito boa pois Guido em todos os momentos do filme esconde a dura realidade do que estava acontecendo para que Giosué não ficasse com medo . O nazismo foi algo realmente horrível para os Judeus naquela época perseguidos,explorados,separados das famílias e algo realmente chocante ver ate onde o ser humano vai por poder. O filme e bem triste ver todo o sofrimento das pessoas sendo maltratadas e mortas por motivo nenhum mas o legal do filme e de ver o amor que o pai tinha por seu filho.

Anônimo disse...

O filme quis passar a mensagem de que os judeus foram perseguidos durante toda a Guerra Mundial e mesmo assim ouve uma reviravolta onde que se pode acontecer coisas ruins mais no final tudo acaba bem. O cenário político se passa no campo de concentração,guerra e alguns lugares da Itália, A relação entre pai e filho e muito boa pois Guido em todos os momentos do filme esconde a dura realidade do que estava acontecendo para que Giosué não ficasse com medo . O nazismo foi algo realmente horrível para os Judeus naquela época perseguidos,explorados,separados das famílias e algo realmente chocante ver ate onde o ser humano vai por poder. O filme e bem triste ver todo o sofrimento das pessoas sendo maltratadas e mortas por motivo nenhum mas o legal do filme e de ver o amor que o pai tinha por seu filho.

Ana Carolina Fleck de Lima 9 ano

Anônimo disse...

O filme a vida e bela retrata uma história triste baseada em fatos reais o autor tenta passar para as pessoas que mesmo a vida tendo diversas barreiras conseguimos tirar algo bom de tudo isso que cedemos a nossa felicidade para a pessoa que mais amamos consiga ser feliz. A maior parte das cenas e no centro de concentração onde o filho e os pais ficam, mulher e homem são separados assim que chegam ao local o filho se esconde a maior parte do filme com a ajuda de seu pai o final e extremamente triste que o pai morre mais pelo menos o filho levou uma imagem do pai sorrindo eu gostei sim do filme achei muito bom seus conceitos .
Lana ribeiro 9 ano