Display

segunda-feira, 26 de julho de 2010

FIDELIDADE NO CASAMENTO


(Foto - crédito Celina Missura)

ESPIRITUALIDADE E FIDELIDADE NO CASAMENTO

Hoje em dia o tema espiritualidade/fidelidade na vida de um casal, parece estar fora de moda. Pelo menos é isso que assistimos todos os dias nas novelas exibidas na mídia e que arrebata índices altíssimos de audiência, e é o que testemunhamos também na vida real onde o nível de infidelidade, posse, violência está escancarados nos noticiários televisivos.

O psicólogo italiano Pasquale Ionata assim afirma no seu livro O céu dentro da mente:

“O casal é uma relação em espiral, em que ambos crescem juntos, ajudando-se mutuamente, em que a fidelidade requer maturidade psicoafetiva autêntica, que permite controlar as pulsões acima do princípio do prazer”.

Portanto, algumas virtudes são indispensáveis para a conquista da felicidade e realização pessoal. O casal necessita trabalhar na relação a vontade e o desejo de acertar, baseando-se no cultivo de virtudes que alicerçam a união.

O propósito da fidelidade necessita de um grande aliado: o diálogo aberto, sincero, honesto onde possibilita que cada um consiga se colocar para partilhar alegrias e também dúvidas, angústias e inquietações interiores.

Assim como o psicólogo Pasquale bem comparou a relação com um espiral, o casal, no diálogo vai entendendo e conhecendo-se para caminhar numa mesma direção: a realização baseada na fidelidade.

6 comentários:

evanir disse...

Querida ,encontrei seu blog na minha amada afilhada ,Aparecida,O Amor Pela Educação
Em primeiro lugar sua postagem esta muito boa muitos ñ le ,mais ao meu ver muitas vezes deixam de levar uma boa dose de sabedoria.
Estrei sguindo meu blog convido a seguir o meu
beijos uma linda semana ,Evanir
www.fonte-amor.zip.net

Flavi disse...

Adorei o texto! Concordo quando se diz que a fidelidade depende da maturidade... O amor, o verdadeiro amor também tem esse poder de nos tornar sinceros e honestos com quem escolhemos para dividir uma vida.

Tudo de bom para você.

Bjos

M. Sueli Gallacci disse...

Querida, obrigada pela visita.

Parabéns pelo blog, esta matéria sobre a fidelidade muito apropriada para os dias de hoje, onde impera a banalização do sexo e os valores morais viraram coisa do passado.

Muito me preocupa o rumo que a sociedade humana está tomando.

Bjo Gde.

pattyjapan disse...

amei seu texto concordo fidelidade depende de maturidade ,muito diálogo e o mais importante precisa de Deus ... Salomão nos diz: “Melhor é serem dois do que um” O casal precisa ser unido de fato e verdade. No casamento existe uma aliança, um elo, um compromisso, uma cumplicidade que envolve amor, companheirismo, dedicação, prazer sexual, lealdade, honestidade, fidelidade, amizade, etc. São duas vidas que se fundem numa só. Uma só carne.

É impressionante o pensamento de alguns homens ou mulheres que acham que depois de casados podem ainda continuar com a mesma vida que tinham, quando estavam solteiros. Tentam manter a todo custo as velhas amizades, criando uma série de contratempos para com seu cônjuge. Esta atitude de liberdade do parceiro, com certeza traz abalos, e terríveis terremotos no relacionamento do casal quando partem para os exageros.

A solidão e o descaso são os primeiros sinais, de que algumas coisas não estão bem. De fato, os dois precisam estar juntos, cada qual levando a carga do outro. Assim fazendo, o peso será menor. Se um cair, o outro pode levanta-lo. No tempo do frio, a Bíblia diz que se aquentarão. Dois são mais fortes do que um quando as lutas vierem, quando os filhos adoecerem, quando o desemprego bater na porta, quando a saudade da casa paterna chegar ao coração, principalmente nos primeiros meses de casados.

Dois são melhor do que um porque:

Irão resistir mais facilmente as tormentas da vida.

Irão compartilhar melhor as alegrias e tristezas e com certeza serão fortes e provaram das benção de Deus sobre as suas vidas.

Jucifer disse...

bem corretissima tu
a base de um bom relacionamento
é o dialogo, é estarem em plena sintonia andar de mãos dadas mesmo
as vezes erramos e muito por falta de experiencia, mas quando se esta seguro do q se quer somamos apenas vitorias!

bjo grande guria

Murilo Mendonca disse...

Bom dia, sabemos que o princípio de um bom relacionamento é a fidelidade, já vi casais dizendo que aquele que faz um teste de fidelidade, faz porque não confia, e isso não é um bom começo, trabalho com testes de fidelidade a mais de 5 anos, e afirmo... "70% das pessoas que dizem isso, traem!"
Minha forma de pensar: O teste trás para o companheiro que sente desconfiança, de duas, uma! conforto por saber que estava errado e poderá confiar em sua parceira do momento em diante, ou, descobrirá que estava certo, e não perderá tempo com uma pessoa que não se importa com o que pode vir a acontecer com os sentimentos de quem está sendo enganado...
Para aquele que tem vontade de fazer um testo com seu parceiro, add para conversar...
agenciadetestesft@hotmail.com